Todo dia é dia de gratidão!

Fonte: Divertidosos

Como já dizia Esopo que a “gratidão é a virtude das almas nobres”, em muitos países celebra-se o Dia da Gratidão, em diferentes datas, de acordo com as suas respectivas culturas. No Brasil, a gratidão é comemorada hoje, 6 de janeiro, mas é celebrada, internacionalmente, no dia 21 de setembro. Todavia, nos Estados Unidos, no Canadá e nas ilhas do Caribe, a data para manifestar a gratidão é no Dia de Ação de Graças (Thanksgiving Day), na 4ª quinta-feira do mês de novembro, sendo um dos feriados mais importantes desses países, ocasião em que os familiares e os amigos se reúnem para agradecer pelas dádivas recebidas.

No entanto, qualquer que seja a data, é interessante sabermos que existe um dia para que possamos refletir que é a gratidão que possibilita a celebração da vida como um todo (famíla, amigos, paixões, conquistas, animais de estimação, moradia e o trabalho) e, nem sempre, recebem o merecido reconhecimento. Imperceptivelmente, devido à “corrida dos ratos”, não dispomos de “tempo” para valorizarmos o quanto esses elementos que compõe a nossa vivência diária são essenciais para o nosso bem-estar-bem nesta existência.

Mas… antes de discorrermos sobre esse tema, é preciso esclarecer que  a gratidão só se manifesta por causa de outros sentimentos como amor, generosidade, amizade, solidariedade, entre outros, que fortalecem nossos vínculos interpessoais e têm o poder de produzir múltiplos benefícios individuais, coletivos e ambientais, favorecendo a manutenção da nossa saúde física e mental. 

Desse modo, inúmeras pesquisas científicas comprovam que pessoas gratas têm mais disposição para realizar exercícios físicos e cuidar melhor da saúde, realizando check-ups ou buscando ajuda para curar suas enfermidades. A gratidão também aumenta a probabilidade de acordarmos com mais vigor e energia, uma vez que, por ativar a região cerebral do hipotálamo, promove um sono diário mais profundo e mais saudável. Além disso, fortalece o sistema imunológico pois, pelo fato de nos ajudar a buscar alternativas para conquistar o bem-estar, pode até mesmo evitar a evolução de inflamações e/ou doenças crônicas.

Fonte: Minha Vida

No entanto, muito provavelmente, o maior benefício da gratidão está relacionado à saúde mental pois ela tem a capacidade de influenciar o cérebro a identificar boas experiências e, neste sentido, a neurociência aponta que as pessoas que expressam gratidão ativam no sistema cerebral, as sensações de prazer, de bem-estar e de alegria, liberando a dopamina, hormônio que melhora a motivação e a disposição, neutralizando sentimentos negativos como a angústia e tristeza. Segundo o Eu sem Fronteiras, entre os benefícios que a gratidão traz para a saúde mental, temos:

1 – Acalma a mente, levando à reflexão e oferecendo a oportunidade de reconhecer as coisas boas da vida.

2 – Estimula o autoconhecimento e promove a reflexão sobre crenças, valores e capacidades.

3 – Permite valorizar as coisas que já se tem, em vez de pensar sobre aquelas que podem criar expectativas infundadas e frustrações.

4 – Melhora o humor, afastando pensamentos negativos, incertezas e inseguranças.

5 – Desperta a consciência para os momentos de felicidade e para sentimentos nobres, como bondade, generosidade, compaixão, gentileza, perdão e amor ao próximo. Além disso, apoia o desenvolvimento da espiritualidade.

6 – Aumenta a resiliência diante das adversidades e a capacidade para lidar com desafios. Favorece focar nas boas oportunidades e na possibilidade de aprender e evoluir.

7 – Ajuda a lidar com a ansiedade e com a depressão, favorecendo sentimentos de felicidade, esperança e superação.

8 – Eleva o amor-próprio e a capacidade de enxergar conquistas, sem, contudo, fomentar narcisismo, assim como auxilia a superar traumas.

9 – Favorece ressignificar uma decepção e transformá-la em amadurecimento, ajudando a se libertar de sentimentos tóxicos.

10 – É energizante e leva a enxergar as dádivas e as possibilidades de ir além, assim como de reconhecer tudo com bondade e respeito, sejam pessoas ou sentimentos dos quais é necessário se desapegar.

Fonte: Vittude

Outrossim, por estar relacionada à reciprocidade e à empatia, a gratidão melhora a sociabilidade pois, enquanto sentimento nobre de reconhecimento por algo que alguém faz de bom ao outro, também diz respeito à percepção geral de dádivas e oportunidades, inclusive relacionadas à natureza, como acordar e observar com alegria o dia ensolarado. Independente da forma como a gratidão é percebida, ela desperta gentileza, generosidade, respeito e acolhimento às diferenças individuais, uma vez que a manifestação da gratidão diz respeito a sentimentos e valores humanitários que extrapolam paradigmas sociais.

Fonte: Pixabay

Ser grato também melhora a autoestima, visto promover a autoconfiança e a crença nas possibilidades de sucesso e na própria capacidade para atingi-lo. Permite feedback positivo, pois uma pessoa pode não ter a percepção do quanto foi importante na vida da outra, até receber a gratidão dessa pessoa. A gratidão estimula uma atitude otimista diante da vida, ajudando a romper crenças limitantes, possibilitando reflexão e ressignificação, a partir de uma visão mais positiva e libertadora, fortalecendo a ideia do aprendizado e do amadurecimento.

Demonstrar gratidão também nos leva a conectar com a espiritualidade, fazendo com que a vida seja mais leve, alegre e fluida, pois ao produzirmos uma atitude positiva que mude o padrão vibracional, elevamos a confiança, emergindo valores e crenças como o equilíbrio à paz e ao bem-estar. Desta maneira, sermos gratos significa abraçar, aceitar, acolher as experiências e aprender com elas, abrindo o coração para percebermos as riquezas que gentilmente chegam para todos nós!!!

Neste contexto, como a gratidão não nasce com a pessoa e só pode ser adquirida a partir da infância, as crianças precisam ser orientadas a agradecer não somente pelas coisas que ganham mas, principalmente, pelos gestos que recebem. E, ao realizarem algo positivo, também devem ser reconhecidas, de modo a desfrutarem da sensação de bem-estar e de encorajamento que a gratidão produz. Elas ainda podem e devem ser estimuladas a demonstrar a gratidão por meio de gestos como sorrisos, beijos e abraços, sendo incentivadas a desenvolver esse hábito, de modo a compreenderem que esse é um comportamento gratuito  pelo qual não se deve esperar algo em troca.

Fonte: Guia Infantil

Contudo, mesmo cientes dos vários benefícios que a gratidão pode nos trazer e da importância de dar bons exemplos às crianças, a gratidão não é algo tão rotineiro e abrangente quanto se deseja. Muitas pessoas não tem o hábito de expressá-la e, quando o fazem, normalmente acreditam que um simples “obrigado” é suficiente para fazer essa demonstração. Porém, ela representa muito mais do que isso e deveria ser uma atitude permanente.

Assim, é comum que no dia a dia, até mesmo por uma questão de despreparo, a maior parte das pessoas acabem dando muito mais atenção às coisas ruins do que às boas. Com isso, a tendência é reclamar muito mais do que agradecer. Dessa forma, para criarmos uma atitude de agradecimento, é importante fazermos um balanço das nossas “contas” de gratidão, analisando se existe alguma circunstância, pessoa ou situação pela qual nunca agradecemos, pois só pelo fato de fazermos essa reflexão, estaremos emanando energia de gratidão e de vibrações positivas para os envolvidos. 

Essa atitude de colocar a “mão na consciência” nos leva a exercitar diariamente a gratidão com nossos pais, irmãos, parentes e amigos, abrangendo todas as nossas relações. Tem alguém da sua família, amigo, colega de trabalho ou da escola que te apoiou e você não expressou gratidão? Ao Incorporarmos o ato de agradecer, fazendo dela um hábito, somos capazes de descobrir que o mundo é bem melhor e mais leve quando aprendemos a vê-lo através dos olhos da gratidão. Expressar esse sentimento por meio de  pequenas atitudes, não deixa de ser uma prática terapêutica, funcionando como um remédio de efeito imediato para tornar qualquer relação mais agradável.

Ações aleatórias de bondade como faz a Paty, minha filha, que adora fazer bolo e distribuir para os vizinhos, dar flores, livros ou qualquer outro mimo, mesmo que não seja uma data especial, são representações simbólicas de afeto e reconhecimento, capazes de proporcionar uma enorme e agradável sensação de paz e alegria entre as pessoas. Mesmo que a vida seja corrida, é importante priorizarmos, de vez em quando, um tempo para entrarmos em contato com a pessoa querida, perguntando como ela está ou como foi seu dia, ainda que não pessoalmente. Ligar ou escrever uma mensagem de gratidão para alguém que tenha feito algo bom, mostra que demonstramos interesse e isso contribui para manter a relação saudável com as pessoas que são realmente importantes na nossa vida.

Fonte: Português

Estas atitudes tão simples podem trazer melhoras incríveis, tanto para as relações interpessoais como para a forma como lidamos com nossos próprios sentimentos. Então, que tal abraçarmos a prática da gratidão cada vez mais nas nossas vidas, seja nas relações familiares, profissionais ou sociais? Afinal, quem demonstra gratidão revela grandeza, maturidade e sabedoria! E o mais importante de tudo é que praticar a gratidão faz bem à nossa alma e ao nosso coração. Traz uma imensa paz interior e funciona como um imã que atrai energias positivas para nós mesmos. Nada mau, não é mesmo?

“A gratidão não é o simples ato de dizer “obrigada”, é algo muito maior! Gratidão é entender que temos uma conexão profunda com o universo, e tudo que espalhamos, ele nos devolve em forma de gratidão. Se somos gratos à ele, ele também é, e nos retribui com energias e pessoas incríveis em nossos caminhos!” (Surama Jurdi)

~ Bia ~

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s